“Eu sou mansa mas minha função de viver é feroz.”

Clarice Lispector (via clarice-lispector)
“Sou teimosa, ciumenta, confusa, estressada e grossa. E ainda assim, consigo ser a pessoa mais sensível do mundo.”

Desconhecido. (via nobroke)
“Eu sou mansa mas minha função de viver é feroz.”

Clarice Lispector (via clarice-lispector)

eu-sem-poesia:

indiretas do bem

“De vez em quando eu me sinto assim. Maluco e carente à procura de amor.
De vez em quando eu me sinto sozinho. Querendo carinho, querendo calor”

— Armandinho (via nor-destino)
“Precisando de alguém que precise de mim de volta.”

— Mateus. (via buscando-o-paraiso)

Se você gosta pelo físico, é desejo. Pela inteligência, é admiração. Pelo dinheiro, é interesse. Mas se você não sabe o por que, é amor.

“Eu tenho meus medos. Eu tenho medo de escuro, eu tenho medo das pessoas, eu tenho medo dos meus pensamentos, tenho medo de me magoar, tenho medo de quase tudo. Mas o meu maior medo é ser deixada para trás, afinal, quem não tem esse?”

— As Dores de Charlotte. (via capacitaria)

baad-m0uth:

Eu já até sonhei com isso sabe, um amor leve e fácil como respirar mas isso não ia funcionar, não para mim que sou sedenta por novas emoções, novos momentos, novas cores, novos sabores, para mim tem que ser intenso, daqueles que sufoca, que agride o bom senso e parece irracional, tem que ser avassalador e mortal, tem que matar a solidão e chutar a carência pra longe. Tem que mudar, revirar, bagunçar tudo, mexer com minhas estruturas e me fazer rever, talvez até esquecer todos os meus conceitos, bagunçar minha cama comigo e também a minha cabeça, revirar meu cabelo e minha vida, mudar tudo, principalmente a mim

“Tudo bem: Não é a primeira vez que você se sente tão perdida, usada, burra e sozinha.”

Tati Bernardi (via apesares)
“Eu odeio me sentir assim – como se fosse um nada, um tanto faz na vida das pessoas. Cansei de ser a válvula de escape, a segunda opção. Cansei de dar-me ao máximo e não receber nem um “obrigado” em troca. Já não aguento mais essa insatisfação, essa impotência. Odeio quando me enxergam desse jeito; como se eu fosse um inútil, como se eu não fosse acrescentar nada na vida de alguém. Têm sido dias difíceis para mim, sabe? Só eu sei o quanto sofri e sofro até hoje. Só eu sei como é se trancar em um quarto e ficar lá por longas horas, chorando e tentando entender por quê a vida é tão injusta. Eu só quero alguém que me olhe nos olhos e diga que toda essa tempestade vai passar, alguém que segure firme em minha mão e me abrace forte. Eu só quero ser feliz igual às outras pessoas, caramba.”

Raphael Henrique, Prescrevi.  (via prescrevi)

Eu só me fodo.

“Essa porra que chamam de amor tá complicando minha vida toda.”

Danilo (via arcanj0s)

theme